Exames laboratoriais de rotina para terceira idade

#itajaí #sc #soluçãocentraldiagnóstica #saúde #laboratório #exames #terceiraidade #idosos 


Vários estudos ao redor do mundo, realizados por renomadas instituições, apontam para o envelhecimento da população em vários países. Em contrapartida, este dado não reflete necessariamente que haverá uma perda de qualidade de vida, já que a expectativa de vida também acompanha estes índices. A longevidade está relacionada, entre vários fatores, com bons hábitos alimentares, prática de exercícios e com os avanços da medicina moderna.

Exames laboratoriais de rotina são importantes em qualquer idade, mas para aquelas pessoas pertencentes à terceira idade, são extremamente fundamentais, pois possibilita a prevenção efetiva de muitas doenças, bem como o diagnóstico precoce, o que permite evitar complicações e estados debilitantes. Vale ressaltar que muitas destas enfermidades são silenciosas e somente com a realização de exames é possível sua detecção.


Listamos abaixo os exames mais importantes para sua saúde que você poderá fazer aqui conosco no Solução – Central Diagnóstica, através do seu laboratório de confiança:

Hemograma completo

Geralmente é muito solicitado pelos médicos, pois, além de não exigir grandes preparos por parte do paciente, oferece indicadores importantes para o diagnóstico de certas doenças. Com esse exame, é possível analisar a função e a quantidade de hemácias (ajudam no transporte de oxigênio às células, por exemplo), de plaquetas (ligadas à coagulação sanguínea) e dos leucócitos (células de defesa). Também é possível identificar anemias, doenças autoimunes, infecções e até a sugestão de alguns tipos de cânceres, como a leucemia. Nos casos de pessoas que estão em tratamento, o hemograma ajuda o médico a acompanhar a evolução do paciente.


TSH

Alterações hormonais causadas pela disfunção da glândula tireoide aumentam significativamente com o passar dos anos, principalmente entre as mulheres. Mensurar o índice do hormônio TSH produzido por esta glândula ajuda o médico a diagnosticar, ainda no início, possíveis casos de hipotireoidismo ou hipertireoidismo, que podem ser tratados apenas com medicamentos. Doenças autoimunes, como a tireoidite crônica ou a tireoidite de Hashimoto também podem ser diagnosticadas com ajuda deste exame, já que estas apresentam alta prevalência durante a menopausa , devido às alterações hormonais, como a do estrogênio.

Perfil de Colesterol

Também chamado de “lipidograma”, mensura os níveis de colesterol do paciente, tanto o “bom” (HDL) quanto o “ruim” (LDL), além dos triglicerídeos e do colesterol total. Controlar os níveis de colesterol e triglicérides é muito importante para evitar possíveis doenças cardiovasculares e reduzir as chances de um AVC.


Papanicolau

Realizar o Papanicolau com frequência até os 70 é muito importante, mesmo que você tenha ou não uma vida sexual ativa. Com este exame, o médico consegue detectar infecções e a presença de câncer de colo de útero, muitas vezes, em estágio ainda inicial, favorecendo o tratamento.


Vitamina D, PTH e Densitometria Óssea

A osteoporose e osteopenia são dois problemas recorrentes na terceira idade. A dosagem de vitamina D e de cálcio podem indicar o início de alguma alteração ou ajudar no acompanhamento de casos em tratamento; a mensuração dos níveis de PTH (paratormônio), hormônio produzido pela glândula paratireoide, está relacionado com a absorção de vitamina D e cálcio pelos rins e intestinos. Um alto nível de PHT pode indicar que o cálcio não está sendo usado para fortalecer os ossos, por exemplo, demonstrando uma possível osteoporose. Já por sua vez, a realização da densitometria óssea ajuda a identificar a massa óssea, ou seja, a qualidade e a resistência dos ossos.


Glicemia de jejum

A diabetes tipo 2 é uma preocupação para as pessoas que fazem parte do grupo da terceira idade, pois os riscos da doença aumentam significativamente a partir dos 45 anos, principalmente nos casos de obesidade ou de histórico de diabetes na família. Igualmente, pessoas que têm diabetes tipo 1 também devem fazer o exame com frequência, já que necessitam dos resultados para mensurar a quantidade de insulina a ser administrada no tratamento. Em todos os casos, prevenir o diabetes é de vital importância, pois esta aumenta consideravelmente o risco de aparecimento de doenças cardiovasculares.


Ureia e creatinina

Esses dois exames são fundamentais para avaliar como está o funcionamento do rim. Com o passar da idade, a função renal começa a declinar e, por isso, fazer esse acompanhamento é muito importante, ainda mais porque a maioria das doenças renais não costumam ter sintomas, a não ser quando elas já estão em um estágio bem avançado.

Os pacientes que têm hipertensão ou diabetes devem realizar a dosagem de ureia e creatinina com mais frequência, porque têm uma chance maior de desenvolverem problemas renais. Se os níveis de creatinina estiverem altos, pode ser um indício de que o rim não está filtrando as impurezas corretamente.


PSA

Este exame é extremamente importante, combinado com o exame de toque retal, para os homens com idade a partir de 45 anos, podendo indicar, precocemente o câncer de próstata e suas complicações.


Exame de sangue oculto (fezes)

Exame com periodicidade anual a partir de 50 anos de idade. Orienta o médico sobre a necessidade da realização de uma colonoscopia, sendo de grande valia como auxiliar diagnóstico de alterações no intestino, como por exemplo, processos tumorais indicativos de câncer. Em alguns casos, o médico também poderá associar o exame parasitológico de fezes, o qual tem indicação para pesquisa de infecções parasitárias.


Dosagem de vitamina B12 e B9 (ácido fólico)

A deficiência das vitaminas B9 e B12 pode causar anemia, além de uma série de alterações neurológicas, que podem ser progressivas quando não tratadas, assemelhando-se à demência senil. A vitamina B12 e o ácido fólico ainda possuem uma interação importante, sendo essenciais para formação das hemácias.

A dosagem poderá ser feita periodicamente, em pacientes acima de 65 anos, ou naqueles que se queixam de perda de memória.

 Av. Ver. Abrahão J. Francisco, 2300 - Sala 01 - Itajaí - SC  |  (47) 3248-2880 

Criado e Desenvolvido por VOHAUS

  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn